As últimas sobre o portal mais ou menos de todos os tempos! E também sobre o mundo das séries CH.

22 April 2007

Estou trabalhando feito um condenado estas semanas (aaah se vocês soubessem) e ainda não consegui "dar um tapa" no site (é, não exatamente como a Dona Florinda, mas vocês entenderam). Pretendo fazer uma linha do tempo mais extensa, desde o nascimento de Chespirito, e abordar o assunto mais recente de sua carreira, a polêmica a respeito do aborto.
(A propósito, apesar de Chespirito ter feito campanha contra, o aborto para fetos com até 12 semanas acaba de ser legalizado na cidade do México. O legislativo local é dominado por partidos de esquerda, cujos interesses, no caso do México, acabam se chocando com os da Igreja Católica.)


UNANIMIDADES BURRAS (DÁ ZERO PRA ELAS!)
Aliás, disse aqui que Chespirito está sendo criticado como nunca no México. Mas esqueci que esse fato não é tão espantoso assim!... Pelé, um dos maiores ídolos do Brasil, não fica atrás. Foi criticado pelo seu discurso quando fez o milésimo gol ("Pensem no Natal, pensem nas criancinhas", segundo a Wikipedia), Romário já disse dele "O Pelé calado é um poeta", etc. - inclusive já há quem prefira Romário a Pelé.
Charles Chaplin: Muitos gostam de seus philmes, mas quem o conhece mais a fundo acaba meio que discordando de algumas de suas opiniões, ele sempre foi contra os filmes terem áudio! Só o adotou pra não ficar pra trás, e uma vez adotado o áudio, foi abandonando o personagem Carlitos. E por aí vai. Na verdade, Chespirito não é unanimidade sequer em seu próprio país, vide alguns vídeos que podem ser encontrados no YouTube, da "Campanha Anti-Chespirito", que o acusa de, com seu humor branco, empobrecer o pensamento das pessoas. Tá, mas então esse cara aí que vá ler aqueles gibis de piadas que vendem na praça da Sé, vai...

1 comment:

Luan Borges said...

Carlitos não foi feito para o cinema falado, teria que reforçar o texto, e Carlitos era mais uma comédia visual.

O SBT cometeu o maior pecado de todos. Hoje não exibiu Chaves para todo o país! Agora só passa pra São Paulo, esqueceram do Brasil!